Prestígio com José Ubiratan de Alcântara Júnior!!

Nome: José Ubiratan de Alcântara Júnior

Idade: 37

Seus pais: José Ubiratan de Alcântara e Luciene Maria Fonseca de Alcântara

Irmã: Tamy Fonseca de Alcântara Faustino

Casado com: Daliane Fernanda Ribeiro de Aquino Alcântara

Filhos: Luíza Aquino de Alcântara e José Ubiratan de Alcântara Neto

Escolaridade: Graduado em Direito pela Universidade Potiguar com Especialização em Direito e Processo do Trabalho e em Fisioterapia pela Estácio Fatern com Especialização em Saúde da Família

Profissão: Bancário, Fisioterapeuta e Advogado

Júnior hoje você estar vereador na cidade de Ipanguaçú exercendo o seu primeiro mandato, quais as dificuldades encontradas por você ser oposição? As maiores dificuldades são de acesso ao poder que realmente executa. Sabemos que em nosso país os cargos executivos sempre procuram ter maioria no legislativo e com eles governar, mas tenho  em mente que o trabalho de vereador vai muito além de aparecer em blogs e redes sociais supostamente resolvendo problemas básicos do dia à dia por ter proximidade ao Chefe do Executivo. Procuro desempenhar meu mandato com lisura e justiça, cobrando sempre e elogiando quando necessário, sem confundir vida pessoal com vida pública. 

Quais os seus projetos que já foram aprovados? São muitos Dedé. A nossa cidade carece de muitas coisas e eu estou sempre pedindo. Algumas coisas saíram do papel, outras estão engavetadas, mas eu vou cobrando. Destaco aqui o calçamento das ruas da Comunidade de Arapuá, A Lei de Educação Antidrogas, A semana da Consciência Negra e a Tribuna Livre (projeto que dá voz ao cidadão de expor problemas na tribuna).

Existe algum projeto específico em prol das comunidades ou da cidade que você deseja muito que seja aprovado? Qual o projeto? Os projetos apresentados pelo meu mandato foram todos aprovados. O que eu desejo agora é que sejam devidamente executados. Dos 4 citados acima, apenas o calçamento de Arapuá já foi iniciado. Desejo muito o calçamento de ruas nos bairros próximo ao Centro como o  Veneza que tanto sofre no período chuvoso; a drenagem das águas nos Bairros Ilha Grande, Frei Damião, Cohab e Veneza; a recuperação do solo da Comunidade de Tirafogo; a reforma e ampliação das caixas d’águas das comunidades; a organização da praça de táxis com mini terminal rodoviário; recuperação do Clube Municipal; recuperação da Quadra Nelson Borges Montenegro com transformação em centro de lazer para o Bairro Veneza; praça da área localizada próxima a Igreja Batista; enfim, acho tudo necessário e muito importante.

Como você ver hoje o cenário político municipal, estadual e federal? Com muita vergonha. Sinto-me muito envergonhado da situação do nosso país. Nossos representantes agem descaradamente lá em Brasília e a população está inerte. O governo é utilizado apenas para fins de interesse dos políticos. Esqueceram do povo. A nível estadual temos mais um desgoverno. O nosso governador está perdido há tempos e deve está rezando pra acabar o seu mandato. Nossos deputados estaduais, com poucas exceções, jogam sempre do lado do governo, o que é lamentável. Em Ipanguaçu temos um governo que saiu vitorioso nas urnas com o discurso de renovação e mudança, mas que logo depois já formou uma grande bancada no legislativo e que vem mantendo e ampliando apenas ações passadas. Ainda não disse a que veio e tem que parar de olhar no retrovisor e entender que os problemas da cidade é sempre de quem está no poder. A população quer soluções e não culpados. 

Já pensou em uma possível candidatura ao pleito de prefeito da cidade de Ipanguaçu? Desde criança sonhava em ajudar minha cidade. Saí pra estudar, conheci vários lugares, pessoas e projetos e voltei com o intuito de lutar por uma Ipanguaçu cada vez melhor, pois é aqui que escolhi viver e criar meus filhos. 

Saindo um pouco da política da sua vida pública, você é um empresário também muito bem sucedido, é funcionário concursado de uma empresa de economia mista ( Banco do Brasil ), Fisioterapeuta e Advogado, como você concilia tudo isso? Adoro trabalhar. Sempre estou procurando algo para fazer. Como advogado atuo muito pouco, pois o meu trabalho no banco coincide com horários de fóruns e escritórios, limitando a minha atuação. Como fisioterapeuta atuo na iniciativa privada, então faço meus horários dividindo-me entre atendimentos a domicílio e na Clínica Lafisio, da qual sou sócio e atuo como Fisioterapia e Pilates. 

Fale um pouco de cada profissão… Eu gosto de ter contato com as pessoas e as minhas atividades me permitem visitar diversos universos e viajar por muitas história todos os dias. O banco já me abria algumas portas, o Direito também, mas a Fisioterapia me proporciona ir mais a fundo na vida das pessoas. Eu diria que abriu-me todas as portas e janelas de várias realidades, assim como a política, que apesar das sujeiras também nos traz muita gente boa e muita história pra contar. Resumindo, amo o que faço. 

 

Por que escolheu estudar Fisioterapia? O que o motivou? Eu sempre quis ser da área da saúde. Quando eu morava em Natal, trabalhava como Gerente de Expediente no Banco do Brasil durante todo o dia e não tinha como cursar nada na área. Foi aí que descobri um curso de Fisioterapia noturno. Fui conhecer, me apaixonei, fiz vestibular e só contei a minha família no réveillon, já com a matrícula feita.

O que a Fisioterapia representa para você? Vida. Transformação. A Fisioterapia é renascimento para muitas pessoas em algumas situações e o progresso dos pacientes me deixa entusiasmado.

Qual dessas profissão você mais se identifica? Hoje com certeza a Fisioterapia, pois me dá poderes de ajudar com um simples toque e transformar realidades. O cargo de vereador é apaixonante no fato de que me aproxima mais das pessoas e me dá voz para defender minha cidade e meu povo, mas não considero a política uma profissão.

Como você faz para conciliar trabalho e família? Com a sua agenda corrida do dia a dia? Sou muito família e estamos juntos sempre. Procuro passar na casa de meus pais sempre, jantar juntos todos os dias, acompanhar meus  filhos na escola e nas lições de casa, não abro mão dos almoços de sábado e domingo, minha esposa trabalha comigo na clínica, enfim, estamos sempre por perto. 

Lugar para descansar: Meu quarto em meu doce lar

Fé: Em Deus, minha fortaleza, amparo e sustento. Sou devoto de Santa Terezinha, Nossa Senhora de Lourdes, São Francisco e Santo Expedito.

Agradeço a Deus: Por tudo de bom e ruim que me acontece sempre. Aprendi isso na infância e desde então pratico todos os dias.

Hobby: Viajar, ler, beber com amigos jogando conversa fora…

Personalidade: Forte. Muito forte. Não sou de desistir fácil. Sigo em frente. 

Pontos fortes: Sinceridade, persistência, paciência, senso de justiça, lealdade e coração humano

Pontos fracos: Sinceridade demais, medo do desconhecido, timidez

Uma música: muitas. Destaco 3: Epitáfio, Alma Pura, Deixa a Vida me Levar

Na cozinha eu preparo: Tudo. Adoro misturar coisas.

Praia ou cachoeira? Qualquer um. Gosto de estar sempre explorando novos lugares.

Motivação interior: Amor

Educação: Meus pais sempre me disseram que era a única coisa que ninguém poderia tirar de mim. Hoje tento repassar para os meus filhos. O Brasil precisa avançar muito ainda.

Saúde: Desejo de todos. Acesso pra poucos.

Ipanguaçú minha cidade… Minha metrópole, meu pequeno paraíso

Violência urbana: Lastimável, fruto de uma educação  excludente

Juventude: Problemas e descobertas. Esperança.

Religião: Sou católico e creio num Deus que ama a todos e não faz distinções de credo. Estudo e admiro a verdadeira doutrina espírita.

Brasil: Mostra a sua cara, qual o teu negócio?/ Abençoado por Deus e bonito por natureza. Deus com certeza é brasileiro e eu tenho orgulho desse lugar.

Uma frase que lhe caracterize: Duas: Ouse, sempre! Por mais difícil que pareça ser, ouse. / O ódio que se sente pelo próximo é um veneno para si. Perdoe e viverás feliz. 

Um sentimento: Saudade. De tudo, de todos. Dos que já se foram, dos que deixamos pelo caminho, dos que muitas vezes estão longe, mesmo estando perto.

Metas em longo prazo: Uma nova graduação, viagem à Dubai, conhecer todos os estados do Brasil(faltam 9)

Planos para o futuro: Filhos, negócios, viagens…

Três coisas importantes em sua vida: Deus, Família e Amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *