Operação Verão: Ipem-RN verifica etilômetros que serão utilizados pelas polícias Militar e Rodoviária Federal

Na manhã desta sexta-feira (28), o Governo do Estado lançou a Operação Verão 2013, que tem o objetivo de garantir a tranquilidade e a segurança dos veranistas e turistas durante a alta estação. Para isso, uma das ações previstas é o alerta sobre o consumo excessivo de álcool nas praias e nas rodovias, através da intensificação de blitz com bafômetros em pontos estratégicos.

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN), órgão delegado do Inmetro no Estado, faz parte da Operação, por meio da verificação dos etilômetros que serão utilizados nas blitzes. Ao todo, 122 aparelhos que as polícias Militar e Rodoviária Federal usarão nas ações passaram por análise na sede do instituto potiguar.

“Nossos técnicos fizeram todos os testes nos etilômetros para garantir que os mesmos estejam funcionando com precisão para serem usados pelos efetivos policiais durante a Operação Verão”, explica o diretor do Ipem-RN, Carlson Gomes.

Outro trabalho realizado pelo Instituto e que deve auxiliar nas ações da Operação Verão foi a verificação das lombadas eletrônicas. “Durante o ano fizemos a aferição de todas as lombadas eletrônicas instaladas no Estado, e agora esses equipamentos estão aptos a auxiliar as autoridades na punição dos motoristas que infringirem os limites de velocidade”, explica Vicente Zacarias, coordenador operacional do Ipem.

ETILÔMETRO

Conhecido popularmente como “bafômetro”, o etilômetro é o instrumento que mede a concentração mássica de álcool etílico no ar pulmonar profundo. Ele permite a identificação de motoristas que estejam dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas.

Dentre os vários órgãos atuantes no cumprimento da “Lei Seca”, cabe ao Inmetro garantir a confiabilidade metrológica das medições realizadas. Os diferentes modelos de etilômetro disponíveis no mercado devem ser aprovados pelo Inmetro e homologados pelo Denatran, para que possam ser utilizados para fins probatórios na fiscalização do trânsito.

Cada instrumento é verificado individualmente e recebe a etiqueta e o certificado de verificação, com o registro de validade. A verificação é realizada pelos órgãos delegados do Inmetro, presentes em todos os Estados.