O Caos do Assú

O artigo que aqui publiquei no último domingo sobre a política do Assu, causou choro e ranger de dentes. Opositores ao atual prefeito, usando de linguagem chula, assoberbaram-me de ameaças e encheram minhas caixas postais com achaques que os colocam no mesmo baixo nível intelectual do ex-prefeito de Pau dos Ferros, Nilton Figueiredo, que, como secretário de Esportes da Prefeitura de Natal… Hoje, um autêntico ficha suja.

Esse homem que traiu o sogro e arruinou o município do Assu, quer agora, fazer do próprio filho prefeito. Mas, o povo não quer mais. Tanto é que o atual prefeito, Ivan Junior, tem 71% das intenções de voto, enquanto o filho de Ronaldo Soares, um dos últimos coronéis da política norte-riograndense, tem apenas 17%.

Creio que isto representa, de maneira clara, um julgamento público. O povo do Assu cansou-se de Ronaldo Soares. A vez, agora, é de Ivan Júnior. E nenhuma ameaça, nenhum deboche, nenhum achincalhe – tão ao gosto dos desesperadoa – há de mudar isto. Ronaldo Soares já era.

* Por Franklin Jorge ele é jornalista e escritor. O artigo foi publicado hoje no Novo Jornal.