Henrique Alves recebe representantes dos Sindicatos da Pesca‏

Parlamentares e representantes dos pescadores buscam interlocução para solucionar impasse na questão do imposto sindical entre colônias de pesca e o Ministério do Trabalho.

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, concedeu audiência nesta terça-feira (5) a uma comissão de deputados da Frente Parlamentar da Pesca e representantes dos pescadores para discutir um impasse entre as colônias de pesca e o Ministério do Trabalho. Eles demonstraram preocupação com o cancelamento das cartas sindicais expedidas para as colônias de pesca transformadas em sindicatos.

Segundo o presidente da Federação Nacional dos Pescadores, Abraão Lincoln, das 1.200 colônias de pesca do Brasil, 300 já receberam a carta sindical. De acordo com lei aprovada há quatro anos,  as colônias de pescadores foram equiparadas aos sindicatos rurais. “A matéria tramitou 20 anos no Congresso Nacional e, depois dessa conquista histórica, os sindicatos dos pescares estão quebrando”, denunciou Lincoln.

O Deputado Paulinho da Força (PDT-SP), questionou como uma decisão do ministério se sobrepõe a uma lei. O presidente da Frente Parlamentar da Pesca, deputado Cleber Verde (PRB-MA), disse que já em março os sindicatos que tiveram as cartas canceladas não vão receber o imposto sindical. O deputado Felipe Maia (DEM-RN) também participou da reunião, além do prefeito de Rio do Fogo, Laerte paiva (DEM), sede de uma das maiores colônias de pescadores do Rio Grande do Norte..

Henrique Alves disse que vai procurar o ministro do Trabalho, Brizola Neto para discutir o assunto