HENRIQUE ALVES ARTICULA EM BRASÍLIA SOLUÇÃO PARA PONTA NEGRA

Brasília (DF) – O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (RN), conversou com o Ministro do Turismo, Gastão Vieira, na noite desta terça-feira (10), sobre o caos na praia de Ponta Negra, em Natal, onde o calçadão está sendo destruído pelas marés altas.

“Nosso cartão postal não pode parar”, alertou o líder ao ministro. O diretor de infraestrutura do ministério, Deusmar Ferreira, participou da audiência. Ele relatou ao ministro o que viu na orla de Ponta Negra durante a visita que fez ao estado na segunda-feira (9).O diretor expôs a preocupação dos empresários do turismo, técnicos do setor e a prefeita Micarla de Sousa.

 O ministro entendeu que a situação é de calamidade e se dispôs a ajudar na recuperação emergencial do calçadão de Ponta Negra e na elaboração de um projeto estruturante para a praia. Gastão Vieira acredita que uma parceria da prefeitura de Natal com a UFRN é o caminho mais rápido para elaboração  do projeto emergencial e também do projeto definitivo.

 O ministro disse ao líder Henrique Alves que vai conversar com a Ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, sobre a decretação do estado de emergência pela prefeitura de Natal para permitir a execução das obras. A calamidade também precisa do reconhecimento do governo do Estado e da Defesa Civil nacional. “É a única forma de enfrentarmos o problema emergencialmente sem os entraves da lei eleitoral”, disse o ministro, assegurando recursos para os projetos.

 INTEGRAÇÃO  – Nesta quarta-feira ( 11) o deputado Henrique Alves tem têm audiência agendada com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para relatar a situação de Ponta Negra e a necessidade imediata de o ministério reconhecer a situação de emergência recomendada ao município de Natal pelos técnicos e o ministro do turismo.

Henrique Alves acredita que, com o apoio dos três ministros, a prefeita Micarla de Sousa encontrará o apoio suficiente para uma solução emergencial e imediata. A prefeita estará em Brasília na próxima sexta-feira (14) para tratar do assunto. “Estamos facilitando a parte da prefeitura de Natal para que o nosso cartão postal seja recuperado”, assegurou o líder, reforçando a necessidade de participação dos três níveis de governo para recuperar o calção ainda para a Copa do Mundo de 2014.